Festival internacional
de fotografia e artes visuais

Exposições - Seção oficial

PHotoEspaña > PHE12 > Exposições > Seção oficial
Roberto Tondopó, Peces dorados. De la serie Casita de Turrón, 2010, © Roberto Tondopó
Fabián Hernández Mena, Andes Diaz Diaz. De la serie Los Olvidados, 2012, ©Fabian Hernandez Mena
Leslie Searles, Sin título. De la serie La tercera frontera, 2012, © Leslie Searles
Juan Carlos López Morales, Umbral. De la Serie 413, 2012, ©2012 Juan Carlos López M.
Irama Gómez, Sin título. De la serie Los matrimonios viejos no se dan los buenos días, 2010-2012, ©Irama Gómez
Ilana Lichtenstein, sin título nº 10. De la serie Una y otra erupción, 2011 © Ilana Lichtenstein
Humberto Ríos, Mérida, México. De la serie Tránsito, 2012, © Humberto Ríos Rodríguez.
Eduardo Jiménez R., Espacios de control I. De la serie Espacios de control, 2011, © 2011 eduardo jiménez/ all rights reserved
Galeria Experiência, Sin título. De la serie Espejo, 2012, ©Galeria Experiência.
Mariela Sancari, Añoranza. De la serie El caballo de dos cabezas, 2012 © Mariela Sancari, 2013
Luis Arturo Aguirre, Phoebe. De la serie Desvestidas, 2011. © Luis Arturo Aguirre
Xtabay Alderete, Ende. De la serie Paisajes para el fin de la existencia, 2012, © Xtabay Alderete
Aglae Cortés, Procesos II. De la serie Tratado visual sobre el vacío, 2012, © Aglae Cortés
Nicolás Janowski, Barrio de Belen, Iquitos. De la serie La serpiente Líquida, 2012. ©NicolasJanowski

(Re) presentaciones. Fotografia latino-americana contemporânea

Aglae Cortés

Colectivo Galería Experiência

Eduardo Jiménez

Fabián Hernández

Humberto Ríos Rodríguez

Ilana Lichtenstein

Irama Gómez

Juan Carlos López Morales

Leslie Searles

Luis Arturo Aguirre

Mariela Sancari

Nicolas Janowski

Roberto Tondopó

Xtabay Zhanik Alderete

Sesc Consolação

Rua Doutor Vila Nova, 245

Telefone: 3234 3000

Segunda a Sexta: 7:00 h às 22:00 h

Sábado e feriados: 10:00h às 19:00h

 

Datas: 23 de outubro - 25 de jameiro

Curadora: Ana Berruguete

(Re) presentaciones reúne o trabalho de 14 fotógrafos emergentes procedentes da América Latina. As séries selecionadas correspondem tanto à representação como ao ambiente, num exercício de interpretação da imagem que revela outros significados. Eles propõem histórias que se referem a situações entre algo passado e algo novo, entre o visível e o sugerido, o óbvio e a intuição. A partir da interpretação da realidade é possível descobrir outras realidades, outras paisagens, outras identidades.

A diversidade de suas linguagens e interesses rompe com qualquer tentativa de mostrar um grupo homogêneo sob a epígrafe de “fotográfica latino-americana”. Isso serve apenas para limitar geograficamente as diferentes propostas, sem constituir um panorama. Pelo contrário, destina-se a enfatizar a pluralidade de estilos e estética e mostrar um dos muitos olhares possíveis. A mostra tende a evitar temas clássicos que costumam ser associados à fotografia latino-americana, como a fotografia documental, e pretende abordá-la desde um novo ângulo.

Fabián Hernández devolve a identidade passada a um grupo de homens por meio de sua vestimenta e de seus pertences, enquanto Luis Arturo Aguirre apresenta mulheres que, ao se desnudarem, mostram toda sua ambiguidade de gênero. Humberto Ríos Rodríguez, Mariela Sancari ou Xtabay Zhanik Alderete compõem fábulas metafóricas sobre o conceito da morte, longe dos clichês. Roberto Tondopó explora experiências autobiográficas através da infância e puberdade de seus sobrinhos, enquanto Irama Gómez constrói um relato sobre a velhice. Ilana Lichtenstein e Juan Carlos López Morales mostram projetos entre a realidade e a ficção, o óbvio e o sugerido. Aglae Cortés recria a si mesma nas representações do vazio para construir paisagens entre o abstrato e o figurativo, e Eduardo Jiménez reivindica os refeitórios das fábricas mexicanas como espaços de poder e controle. O coletivo Galería Experiência mostra imagens que nascem do texto e Nicolás Janowski faz um retrato da Amazônia como paisagem em continua transformação provocada pelos rumos da própria natureza e a presença do homem. Por último, Leslie Searles dividiu seu tempo com pessoas que esperam seu próximo destino em um espaço intermediário, a terceira fronteira. Os fotógrafos que formam esta exposição foram selecionados pelo programa de leituras de portfólios Trasatlántica, organizado por PHotoEspaña e a Agencia Española Internacional para la Cooperación y el Desarrollo -AECID, em Costa Rica e México, em 2012.
 

C/ Verónica 13 · 28014 Madrid
T. +34 913 601 326 · F. +34 901 020 535
info@phe.es